quarta-feira, 18 de outubro de 2017

A BÍBLIA SAGRADA (II)

        A BÍBLIA SAGRADA (II)
(Série de duas crônicas)
Clerisvaldo B. Chagas, 19 de outubro de 2017
Escritor Símbolo do Sertão Alagoano
Crônica 1.762
 
Bíblia é uma coletânea de 73 livros, dividida em duas partes gerais: Antigo Testamento e Novo Testamento.
O Antigo Testamento vai desde o Século XV a.C. até o nascimento do Cristo.
O Novo Testamento vai desde o nascimento do Cristo até o Século I d.C.
O Antigo Testamento tem 46 livros. O Novo Testamento possui 27 livros.

O Antigo Testamento é subdivido em quatro partes:
1.    Livros da Lei ou Pentateuco. Fala sobre a criação de Deus e a formação do povo eleito.
2.    Livros Históricos: Descrevem as guerras de Israel e história dos seus reinos.
3.    Livros Didáticos: Descrevem a sabedoria e a poesia dos hebreus.
4.    Livros Proféticos: Escritos por profetas que pregavam o arrependimento e preparavam o povo para a chegada do Messias Salvador.

O Novo Testamento é subdivido em quatro partes:
1.    Livros do Evangelho: Descrevem a vida e obras de Jesus.
2.    Livro Histórico: Apresenta a Instituição e expansão da Igreja na Palestina e no mundo, então, conhecido.
3.    Epístolas: Mostra doutrinas e exortações escritas por alguns apóstolos do Cristo e encaminhadas a comunidades ou fiéis cristãos.
4.    Livro Profético: Traz a vitória do Cristo e sua Igreja sobre a força do mal e Juízo Final.

Vendo os 73 livros que fazem parte da Bíblia, no geral, temos: Os 46 do Antigo Testamento:
Gênese, Êxodo, Levítico, Números, Deuteronômio, Josué, Juízes, Rute, Samuel Livro I, Samuel Livro II, Reis Livro I, Reis Livro II, Crônicas Livro I, Crônica Livro II, Esdras, Neemias, Tobias, Judite, Ester, Macabeus Livro I, Macabeus Livro II, Jó, Salmos, Provérbios, Eclesiastes, Cântico dos Cânticos, Sabedoria, Eclesiástico, Isaías, Jeremias, Lamentações de Jeremias, Baruc, Ezequiel, Daniel, Oséias, Joel, Amós, Abdias, Jonas, Miquéias, Naum, Habacuc, Sofonias, Ageu,
E os 27 do Novo Testamento:
Evangelho de Mateus, Evangelho de Marcos, Evangelho de Lucas, Evangelho de João, Atos dos Apóstolos, Epístola aos Romanos, Primeira Epístola aos Coríntios, Segunda Epístola aos Coríntios, Epístola aos Gálatas, Epístola aos Efésios, Epístola aos Filipenses, Epístola aos Colossenses, Primeira Epístola aos Tessalonicenses, Segunda Epístola aos Tessalonicenses, Primeira Epístola a Timóteo, Segunda Epístola a Timóteo, Epístola a Tito, Epístola a Filemon, Epístola aos Hebreus, Epístola de Tiago, Primeira Epístola de Pedro, Segunda Epístola de Pedro, Primeira Epístola de João, Segunda Epístola de João, Terceira Epístola de João, Epístola de Judas, Apocalipse de João.
·         Adaptado da fonte: Agnus Dei.



  



Link para essa postagem
http://clerisvaldobchagas.blogspot.com.br/2017/10/a-biblia-sagrada-ii.html

terça-feira, 17 de outubro de 2017

A BÍBLIA SAGRADA

A BÍBLIA SAGRADA (I)
(Série de duas crônicas)
Clerisvaldo B. Chagas, 18 de outubro de 2017
Escritor Símbolo do Sertão Alagoano
Crônica 1.761

IMAGEM (GOOGLE PLAY).
Certa feita, ainda rapazinho, ouvimos um depoimento rápido de um dos maiores advogados do Nordeste, o senhor Aderval Tenório Wanderley. Em uma roda de pessoas que falavam sobre a Bíblia, foi chegando o brilhante advogado e dizendo: “Já li todas as qualidades de histórias do mundo e pensava que sabia tudo. Quando li a Bíblia, vi que não sabia nada”. Isto aconteceu na loja de tecidos de meu pai. E neste momento em que a minha mente mandou-me escrever sobre o Livro Sagrado, chegaram às lembranças daquela afirmação longínqua do doutor Aderval Tenório. A Bíblia é uma coletânea grossa e quase sempre com letras pequenas, fato que desencoraja de imediato sua leitura.
Devo ter lido a Bíblia capa a capa, cerca de duas a três vezes. De fato é o livro da vida, aquele que ensina como se deve viver. Com seus 73 livros divididos em vários temas, têm alguns empolgantes e outros chatos. Partes cansativa, monótonas e outras que emocionam. Achamos sim, que cada cristão deveria ler a Bíblia completa pelo menos uma vez na vida. Depois, alimentar a alma lendo de vez em quando as passagens da sabedoria. O Velho Testamento é bom para uma visão geral. O Novo Testamento, principalmente, os livros dos Evangelhos, deve ser consulta permanente que são os ensinamentos de Jesus e que anula muitos costumes do Antigo Testamento. Porém, também no Velho Testamento têm livros que ajudam muito na sabedoria, reforço na caminhada da vida. Como exemplos os livros Salmos, Provérbios, Eclesiastes, Sabedoria e Eclesiástico.
Estudar a Bíblia sem se tornar fanático iguais aos doidos do futebol; aos insanos que adoram cangaceiros e vivem desenterrando bandidos; aos malucos do terrorismo. Não ficar “enchendo o saco” das pessoas em todos os lugares sem falar em outra coisa; tornar-se insuportável. Pelo contrário, adquirir a sabedoria bíblica é em tudo ser moderado e saber agir em todas as ações da existência. Ser amigo, companheiro, conselheiro, sem ser cabuloso, insistente e intragável.
Na próxima crônica dividiremos didaticamente a Bíblia, para facilitar àqueles que não têm ideia mínima do que seja o Livro Sagrado. Depois é só folhear de início ao fim, leitura devagar, coisa que leva aproximadamente duas semanas. A segunda tentativa melhora o entendimento e assim sucessivamente. Seja um sábio e não um chato.








Link para essa postagem
http://clerisvaldobchagas.blogspot.com.br/2017/10/a-biblia-sagrada.html